Search here:
Broncoscopia

Em meio à poluição, vícios diversos e qualidade de vida desregrada, os pulmões estão gritando por socorro. A broncoscopia é essencial para identificação de quaisquer problemas relacionados com essa máquina poderosa que são nossos pulmões.

O que é e para que serve a broncoscopia?

A broncoscopia é um exame utilizado comumente para identificação de problemas no aparelho respiratório. O procedimento visa à obtenção de imagens da laringe, árvore brônquica, traqueia e possível coleta de materiais ou tecidos pulmonares para diagnósticos de qualquer patologia. Com o resultado em mãos, o médico especialista consegue obter resultados satisfatórios em termos de diagnóstico.

O broncoscópio, aparelho utilizado durante o procedimento, possui um pequeno dispositivo coletor de imagens e conta com canais de passagem para instrumentos responsáveis pela remoção de tecidos para biopsia ou qualquer corpo estranho do aparelho respiratório.

A broncoscopia pode ser indicada em casos de pneumonia, remoção de material aspirado involuntariamente, suspeita de câncer, manchas persistentes nos Raios-X, expectoração com sangue ou tosse persistente.

Como o exame é realizado?

A broncoscopia é um exame simples, rápido e eficaz, com sedação leve e que permite a visualização da área afetada. Através do broncoscópio, um tubo fino e flexível, o cirurgião torácico pode realizar biópsias, capturar imagens de alta definição, remover corpos estranhos ou realizar infusão/aspiração de líquidos.

O broncoscópio flexível tem a espessura de um lápis, com flexibilidade para inserção em pontos distantes da via aérea.

Durante o procedimento, o paciente permanece deitado para evitar o risco de náuseas e engasgos. O anestesista administra o sedativo e anestésico local em spray ou gel. O paciente precisa estar acompanhado, pois o efeito da anestesia pode durar de 40 a 60 minutos após o exame.

Em casos de biópsia, geralmente utiliza-se uma pinça que é passada por dentro do broncoscópio. Após a coleta, o material é enviado para um patologista para análises clínicas.

O procedimento, após diversos avanços tecnológicos, também pode ser indicado para crianças, devido aos equipamentos flexíveis, de diversos calibres e diagnósticos precisos.

Quais os possíveis riscos do procedimento?

Os riscos são mínimos. Porém, por mais que a broncoscopia seja um exame seguro e simples, podem existir complicações como qualquer outro procedimento. Embora raras, incluem:
• Possíveis sangramentos na área onde foi realizada a biópsia
• Inflamação na região onde foi realizado o exame
• Infecções ou pneumotórax
• Reação à anestesia ou
• Complicações de doenças preexistentes.

Qualquer pessoa pode realizar o exame?

Sim. Porém alguns pacientes são melhores monitorados. É o caso de gestantes, lactantes, pessoas obesas ou portadores de marca-passos e próteses, pacientes diabéticos ou com baixa imunidade, problemas cardíacos, respiratórios ou que tenham realizado qualquer cirurgia na via respiratória.

Quando o médico poderá pedir uma broncoscopia?

O médico pode pedir esse tipo de exame para um paciente nas seguintes hipóteses:
• Diagnóstico ou análise de câncer no pulmão
• Biópsias
• Lesões pulmonares
• Inflamação de vasos linfáticos
• Pneumonia (hospitalar, recorrente ou em pacientes com baixa imunidade)
• Infecções pulmonares
• Abcessos pulmonares
• Remoção de corpos estranhos
• Pacientes Imunocomprometidos com acometimento pulmonar
• Manchas persistentes nos Raios-X
• Expectoração com sangue
• Falta de expansão dos alvéolos de uma parte do pulmão (ou do pulmão inteiro)
• Falta de ar persistente
• Rouquidão ou respiração ruidosa
• Fístula traqueo-esofágica
• Trauma de tórax
• Apneia do sono ou ronco
• Problemas nas cordas vocais
• Teste de deglutinação
• Avaliação de pacientes que realizaram transplantes pulmonares
• Higienização dos pulmões
• Intubação traqueal
• E muito mais.

A broncoscopia é uma excelente alternativa, principalmente em casos de suspeita de câncer no pulmão. O procedimento pode evitar cirurgias desnecessárias e guia o tratamento com custo mais baixo para o paciente, estudando o estágio da doença e monitorando o avanço da patologia.

Dúvidas? Agende sua consulta

Para agendar uma consulta e tirar todas as dúvidas pessoalmente, entre em contato através dos seguintes telefones:
(47) 3268-7360

Ou através do e-mail:
contato@drguilherme.med.br

Convênios aceitos:
• Unimed
• Agemed
• Bradesco
• Mercoplan
• Geap

Nunca é tarde para cuidar da saúde dos pulmões. Fique atento a qualquer sinal de desconforto que possa indicar alguma patologia.
Agende uma consulta agora mesmo, clicando aqui.