Search here:
Parar de fumar, uma decisão importante

Fumar cigarros já foi bem mais comum do que é nos dias de hoje, no entanto ainda existem muitas pessoas que não têm consciência do mal que estão fazendo a si próprias quando iniciam o hábito de fumar. A nicotina, presente em qualquer derivado do tabaco, é o principal fator responsável pelo vício. Ela é considerada droga por possuir propriedades psicoativas, ou seja, ao ser inalada produz alteração no sistema nervoso central, trazendo modificação no estado emocional e comportamental do usuário induzindo ao abuso e dependência.

Na verdade quem fuma sofre de dependência química, ou seja, ao tentar deixar de fumar, o paciente se depara com grande desconforto físico e psicológico que ocasionam sofrimento, e podem impor a necessidade de várias tentativas até que finalmente consiga abandonar o tabaco.

No século passado, muitas foram as formas de exercer a ideia de que cigarro era uma bom hábito para sua saúde ou para o bom convívio social. Hoje buscamos através da informação e da publicidade apresentar os riscos que sua saúde corre ao se tornar um fumante, além de também orientar a deixar o vício de produtos derivados do tabaco, especialmente do cigarro.

Saiba quais são os benefícios de parar de fumar

Você já deve ter ouvido: “fumei muito tempo e agora não adianta mais parar”. Será que isso é mesmo verdade? Vejamos:

Parar de fumar sempre vale a pena em qualquer momento da vida, mesmo que o fumante já tenha a saúde prejudicada de alguma forma pelo hábito de fumar. A qualidade de vida melhora muito ao parar de fumar. Parando de fumar agora:

  • Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal.
  • Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue.
  • Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza.
  • Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor.
  • Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar já degusta melhor a comida.
  • Após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil e a circulação melhora.
  • Após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido à metade.
  • Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

Mas doutor, como faço para identificar o câncer de pulmão em sua fase inicial?

Atualmente, se o paciente possui entre 55 e 80 anos, tendo fumado pelo menos 1 carteira por dia por 30 anos (ou 2 carteiras por dia por 15 anos) e que não tenha parado de fumar por mais de 15 anos, recomendamos 1 tomografia de tórax anual com baixa dosagem de contraste.

Teste seus conhecimentos sobre Câncer de Pulmão em meu quiz: acesse aqui.

Fonte:
INCA